Seja bem vindo
Foz do Iguaçu,26/05/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    'Ele largou tudo e voltou para resgatar ela', diz vizinha sobre pai e filha autista que morreram em incêndio, em Londrina

    Fonte: g1.globo.com
    'Ele largou tudo e voltou para resgatar ela', diz vizinha sobre pai e filha autista que morreram em incêndio, em Londrina


    Segundo colegas da família das vítimas, jovem não se comunicava verbalmente pelo autismo. Causa do incêndio está sendo apurada pela Polícia Civil. Vizinha fala como pai largou tudo para tentar salvar a filha em incêndio
    O incêndio em uma casa em Londrina, norte do Paraná, que terminou nas mortes de pai e filha, mobilizou vizinhos no combate ao fogo até a chegada do Corpo de Bombeiros. O caso aconteceu na madrugada de domingo (12), no Conjunto Milton Gavetti, zona norte da cidade.
    ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp
    ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram
    Odilon José de Oliveira, de 56 anos, e a filha dele, Izabela Christine Elias Oliveira, de 27 anos, que era autista, morreram carbonizados. Eles foram sepultados na tarde desta segunda (13).
    Pai e filha morrem em incêndio na zona norte de Londrina
    A diarista Mara Lúcia Camargo foi uma das pessoas que tentaram controlar o incêndio. Ela conta que Odilon tinha saído da casa, mas voltou para resgatar a filha. Veja acima.
    "O Odilon estava junto com a esposa, mas largou tudo e voltou. Meu filho gritava pra ele voltar, e ele não voltou mais. É muito triste você ver duas pessoas queridas serem levadas pelo IML (Instituto Médico Legal)", afirmou em entrevista à RPC.
    Após incêndio, casa ficou destruída em Londrina (PR)
    Reprodução/RPC
    Leia também:
    VÍDEO: Homens ateiam fogo em bar após dono se negar a vender pinga fiado no Paraná
    Carro avança preferencial e é atingido por ônibus do transporte público em Maringá, dizem Bombeiros
    Criança de 4 anos é internada na UTI em estado grave após se afogar em piscina, em Sarandi
    Força-tarefa para combater incêndio
    Com mangueiras, Mara, o marido dela e outros vizinhos tentaram apagar as chamas.
    "O fogo estava chegando perto da minha casa. Foi um desespero total. Eu e meu marido levantamos correndo, mas os portões estavam trancados com cadeado".
    Mara Lúcia Camargo, vizinha que ajudou a controlar fogo em casa de Londrina (PR)
    Reprodução/RPC
    A esposa de Odilon e mãe de Izabela foi salva do incêndio. Ela foi levada por vizinhos a um hospital da cidade e não teve queimaduras.
    De acordo com amigos da família, Izabela não se comunicava verbalmente.
    A origem do fogo está sendo investigada pela Polícia Civil. 




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login

    Recuperar Senha

    Baixe o Nosso Aplicativo!

    Tenha todas as novidades na palma da sua mão.